tamanho da fonte:
imprimir

Violência contra os professores debatida com população

Crédito da Imagem: Márcio H. Mota

A comunidade de Planaltina participou de debate no último dia 6, sobre a Lei de Proteção ao Professor (nº 5531/2015), de autoria do deputado Professor Israel. O evento foi realizado no Centro de Atendimento Integrado da Criança (Caic), em Planaltina. Presente no evento, ele explicou os dados alarmantes sobre a violência contra o educador no Brasil.

O encontro foi voltado a professores, diretores, coordenadores pedagógicos, pais de alunos, operadores da segurança pública e teve como objetivo discutir as ações para o enfrentamento da violência nas escolas. “Faço questão de discutir sobre esse tema para reforçar que professor merece respeito! Precisamos resgatar a reverência ao espaço escolar e ao conhecimento”, falou o parlamentar para o público.

Estiveram presentes no evento ainda o senador pelo Distrito Federal, Hélio José, o secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Aurélio de Paula, a diretora do SINPRO, Rosilene Correa, a Coordenadora da Regional de Ensino de Planaltina, Queiti, Marcos da Regional de Ensino de Ceilândia, Bruno Cardoso, diretor do Sindicato dos Professores das Escolas Particulares do DF(Sinproed), o Tenente Coronel Chefe do Batalhão Escolar do DF, Júlio Cézar, Wesley Fonseca do Conselho Tutelar de Planaltina, a representante da Secretária da Educação, Vânia, o representante dos Sindicatos dos Agentes Penitenciários do DF, Leandro Allan

Professor Israel tem ido sido convidado a ir às escolas e conversado com toda comunidade escolar a respeito da Lei. “Toda sociedade quer o retorno do respeito ao mestre e nossa lei vem colaborar para uma mudança no relacionamento estudante-professor”, conclui.

G@biNet – AC

Deixe seu comentário



(não será publicado)