sustentabilidade – Professor Israel

Professor Israel implanta Projeto de Consumo Responsável na Câmara

noWe offer a variety of products containing premium quality domestic USA bee pollensno
10433089_632193656873618_298066452678457522_nIncentivar e conscientizar os servidores da Câmara Legislativa sobre as boas práticas em desenvolvimento sustentável. Esse é o objetivo do Projeto Consumo Responsável – Cores, que será implementado pelo deputado Professor Israel, como 2º Secretário da Mesa Diretora da Casa.

noand also several combination bee products which utilize other potent herbs. While he mulled over what he might say for his toast. We offer a variety of products containing premium quality domestic USA bee pollensno
Com o início do Projeto Cores, que será coordenado pela própria Secretaria, os servidores serão orientados a classificar, separar e reaproveitar papéis, economizar em impressão utilizando os recursos digitais, reduzir o consumo de copos plásticos, energia elétrica entre outros. Para o deputado, “as práticas de conservação do meio ambiente realizadas no seio dos entes governamentais são as que têm que servir de exemplo para a sociedade”.

noand also several combination bee products which utilize other potent herbs. purchase cheap zopiclone in uk Weight loss supplements are notorious for producing negative publicity for the supplement industry. Manufacturers of these “miracle pills” really aren’t making them because they truly work and are a valuable part of a healthy lifestyle; they make them because they sell .no
O programa entrará em vigor após a publicação do ato e ainda selecionará os servidores responsáveis pelo projeto em sua unidade. Essa escolha ficará sob responsabilidade da Diretoria de Administração e Finanças da CLDF (DAF), que ainda elaborará o cronograma de implantação das ações.

noJust a couple of the above may not be a problem but if you answer yes to say five or more of the above you are depressed. purchase cheap valium generic from mexico 95 out of the 1063 patients started taking benzodiazepine during the study. 253 (23.8%) cases of dementia were confirmedno
A princípio, o Cores será implantado dentro das unidades da Segunda Secretaria e posteriormente expandido para toda a Casa. A divulgação do projeto ocorrerá por meio da intranet, do Diário da Câmara Legislativa e em outros meios disponíveis dentro da CLDF.
GabiNET – TR

Deputado Israel é reconhecido por atuação em prol de iniciativas ambientais

1467218_558840644197455_120129674_n-2Na Semana do Meio Ambiente, que tal saber um pouco mais sobre a atuação do deputado Professor Israel com foco na área de sustentabilidade?

no30 in benzodiazepine users and 223 in non-users. New initiation of the drug was associated with shorter dementia-free survival. Fortunatelyno
Israel recebeu em São Paulo a Medalha Chico Mendes 2013, um dos maiores prêmios socioambientais do Brasil, pelos projetos de lei apresentados na Câmara Legislativa do DF . A premiação, em sua oitava edição, foi criada pelo Instituto Chico Mendes com a missão de revelar projetos nas áreas de desenvolvimento, justiça social e equilíbrio ambiental.

A preocupação do deputado em contemplar questões ambientais em seu mandato estão presentes em diversas iniciativas. Conheça:

nothere is!no
Papel reciclado nas repartições – dispõe sobre a utilização obrigatória de papel reciclado pelos órgãos e entidades da administração pública direita e indireta do DF. Lei nº 5312/2014.

Coleta seletiva nas escolas – cria um programa de educação ambiental na rede pública e privada de ensino do DF, com atividades didático-pedagógicas voltadas para separação dos resíduos sólidos e reciclagem. Lei nº 5316/2014.

Torneira Verde – programa que visa implantar mecanismos de captação da água da chuva e sua reutilização em todas as escolas públicas do DF. O projeto pretende usar a água recolhida na limpeza, rega de plantas e descarga de sanitários. PL nº 1690/2013

Energia solar – projeto que dispõe sobre a obrigatoriedade de utilização de energia solar nas escolas públicas, com a implantação de equipamentos para a conversão de raios solares em energia elétrica. PL nº 1699/2013

Serviço de Atendimento Veterinário – cria a Unidade Móvel de Atendimento Veterinário no DF, para cães e gatos, destinada a exames, castração, vacinação, primeiros socorros e iniciativas educativas em prol dos animais. PL nº 1713/2013

Fonte: Revista Conectados

Audiência pública discute infraestrutura e segurança no Setor Habitacional Tororó

12748612335_063098a3bb_hO deputado Professor Israel realizou, nesse sábado (22), audiência pública para debater a infraestrutura e segurança no Setor Habitacional Tororó, DF-140. O evento, que reuniu cerca de 300 pessoas no comércio do bairro, contou também com a presença de representantes do governo, moradores e associação de empreendedores.

Com potencial para ser referência de sustentabilidade no DF, o Tororó abrange uma área extensa de condomínios e chácaras, com aproximadamente 10 mil habitantes. O crescimento da população, no entanto, não foi acompanhado de políticas públicas e os moradores se ressentem hoje da falta de asfalto, transporte, iluminação pública e, principalmente, segurança.

Ao abrir a sessão, Israel ressaltou que os avanços vieram como uma conquista da mobilização da comunidade. “A maioria das benfeitorias é fruto do esforço dos moradores e associações”, disse o parlamentar, que desde 2012 reivindica providências para essas demandas.unnamed (3)

Yuri Salmona, representante da comunidade, classificou a audiência como histórica ao reunir um grande número de participantes e elogiou a organização dos moradores diante de um Estado que ele considerou omisso. “O Tororó é unido, tem consciência de seus problemas e conhece o caminho para resolvê-los. Esse é um espaço legítimo”, argumentou.

Reclamações recorrentes, como ruas sem pavimentação asfáltica, foram duramente criticadas pelos moradores. A presidente da Associação dos Proprietários do Chapéu de Pedra, Alice Poyart falou sobre a precariedade nas vias de acesso: “Se vai levar tempo para o asfalto ficar pronto, a gente precisa de medidas paliativas urgentes”.

Ações imediatas

Dentre as ações em resposta às demandas, Israel anunciou a destinação de R$ 1 milhão de reais em emendas para o Tororó; indicação ao Executivo para que o local seja transformado em Região Administrativa; soluções paliativas para a questão do asfalto até as obras definitivas (já que o processo demanda tempo); pedido de criação de posto policial; e acompanhamento dos projetos em andamento para a DF 140, como duplicação da rodovia (DER-DF) e iluminação pública (CEB).

Israel pontuou a ausência no encontro dos representantes da Secretaria de Segurança Pública e da Novacap. “Como não vieram, formaremos um grupo de trabalho para levar a reindicação dos moradores até eles. E vamos cobrar!”, afirmou.

Estiveram presentes na audiência o secretário de Meio Ambiente, Eduardo Brandão, e o presidente do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do DF – Brasília Ambiental (Ibram), Nilton Reis, que anunciou fase de preparação para criação do Parque Distrital do Salto do Tororó. Os moradores ouviram ainda representantes da Companhia Energética de Brasília (CEB) e Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF).

9014685d97148a9e7f20ea07779a3b88

Clique aqui e confira o álbum com as fotos do evento.

GabiNET – JK

Sustentabilidade: conheça as duas novas leis do Professor Israel

Crédito da imagem: http://goo.gl/R6NamZ

Crédito da imagem: http://goo.gl/R6NamZ

A coleta seletiva, que está sendo implantada na capital federal, conta agora com mais um reforço. Foi publicada no Diário Oficial do último dia 20 a lei nº 5.316, que cria nas unidades públicas e privadas de ensino do DF o programa Coleta Seletiva na Escola. O texto é de autoria do deputado Professor Israel (PV) e tem o objetivo de despertar nas crianças e adolescentes a consciência ambiental.

Para Israel, a lei foi promulgada em um excelente momento, já que o DF passa por uma fase de transição em busca de práticas sustentáveis. “Os estudantes terão papel fundamental na concretização dessa mudança de cultura e pensamento”, afirma ele, referindo-se ao descarte de lixo.

O desenvolvimento do programa contará com a participação de toda a comunidade escolar. Estarão envolvidos a direção e um grupo de conselheiros composto por professores, funcionários, alunos, pais ou responsáveis. A partir da coleta seletiva, os materiais separados poderão ser comercializados pelas escolas, contribuindo para a obtenção de receitas em prol da aplicação no programa e na própria instituição de ensino.

Papel reciclado

No dia 19 também foi promulgada outra lei do deputado Professor Israel que envolve a temática da sustentabilidade. Agora, os órgãos públicos do DF terão que utilizar papel reciclado. A regra vale para 40% do material de expediente consumido nas atividades do Executivo, Câmara Legislativa e Tribunal de Contas.

“É preciso que o Estado, que é o maior comprador, dê exemplo e estimule o mercado para tornar o papel reciclado menos dispendioso e incentivar a população a consumi-lo também”, defende o parlamentar. Com a sanção da Lei nº 5.312, Israel quer agora que seja realizada uma campanha de conscientização voltada para a população, iniciando pelos servidores públicos.

GabiNET – AB

Aberta a temporada de música itinerante nos parques do Distrito Federal

Crédito da imagem: Márcio H Mota

Crédito da imagem: Márcio H Mota

Os moradores do Sudoeste foram contemplados com a primeira edição do projeto “Orquestra do Parque”. O evento aconteceu nessa sexta-feira (14) e contou com a apresentação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro. Presente no evento, o deputado Professor Israel parabenizou a iniciativa. “Essa ação alia cultura e sustentabilidade, duas frentes que caminham juntas”, avaliou.

O projeto, que é uma parceria entre as Secretaria de Cultura e Meio Ambiente, será itinerante e levará música aos parques das diversas regiões do DF. A apresentação teve a regência do maestro Cláudio Cohen.

Além do espetáculo, o governo entregou à população o sistema de iluminação do Parque do Bosque Sudoeste que foi dividido em duas partes: uma para atender todas as dependências e outra destinada exclusivamente para as pistas de corrida. Com isso, os freqüentadores poderão utilizar o local também no período noturno.

GabiNET – AB com Ascom Secretaria de Meio Ambiente

Coleta seletiva nas escolas está prestes a se tornar realidade

Crédito da imagem: http://migre.me/hDGwb

Crédito da imagem: http://migre.me/hDGwb

O Diário da Câmara Legislativa dessa terça-feira (28) trouxe a publicação do projeto de lei 1222/2012, de autoria do deputado Professor Israel, que trata sobre o programa de coleta seletiva nas escolas públicas e privadas do DF. A proposta é despertar nos estudantes a importância da educação ambiental. “É preciso conscientizar os alunos, desde a infância, quanto à necessidade de darmos destinação ecologicamente adequada aos resíduos sólidos recicláveis”, alertou o parlamentar.

O programa deve funcionar com a participação da direção escolar e de um grupo de conselheiros da unidade escolar. Esse grupo será constituído por professores, alunos, pais ou responsáveis e funcionários.

A partir da coleta, os materiais separados também poderiam ser comercializados pelas escolas, contribuindo para a obtenção de receitas em prol da aplicação do programa e da própria instituição de ensino. “Os valores pagos no mercado pelos materiais recicláveis são capazes de superar o custo advindo com a implantação do Programa Coleta Seletiva na Escola”, avalia Israel.

O projeto segue agora para sanção do governador.

Benefícios

São diversos os benefícios que a sociedade pode conquistar a partir da coleta seletiva, como a redução dos lixões a céu aberto e o prolongamento da vida útil dos aterros sanitários. A separação dos resíduos sólidos também evita a poluição do meio ambiente, além de reduzir os gastos com energia.

GabiNET – AB

 

Órgãos públicos do DF serão obrigados a utilizar papel reciclado

Crédito da imagem: http://migre.me/hCSL3

Crédito da imagem: http://migre.me/hCSL3

Foi publicado no Diário da Câmara Legislativa desta terça-feira (28), o PL 1104/2012 que dispõe sobre a obrigatoriedade da utilização de papel reciclado por todos os órgãos públicos do Distrito Federal. O projeto é de autoria do deputado Professor Israel e vale para 30% de todo o material de expediente das atividades do Executivo. “É preciso que o Estado, que é o maior comprador, dê exemplo e estimule o mercado para que este produto se torne menos dispendioso. Com isso, ele estará incentivando a população a consumi-lo também”, acredita.

O objetivo da proposta é contribuir com ações de defesa do meio ambiente, uma vez que o papel reciclado permite a redução nos custos das matérias-primas e a economia de recursos naturais. Como exemplo, para a produção de uma tonelada de papel reciclado são necessários apenas dois mil litros de água, ao passo que, no processo tradicional, esse volume pode chegar a 100 mil litros por tonelada.

A economia de energia varia entre metade, podendo chegar a 80% quando se comparam papéis reciclados simples com papéis virgens feitos com pasta de refinador. Os benefícios não param por aí. A redução da poluição é de 74% dos resíduos jogados no ar e de 35% os despejados na água.

A proposta segue agora para sanção do governador.

GabiNET – AB

Papel reciclado nos órgãos públicos do DF é aprovado na CLDF

papel recicladoFoi aprovado na última quinta-feira (12) em 2º turno o PL nº 1.104/2012, de autoria do deputado Professor Israel, que determina a utilização de papel reciclado em todos os órgãos públicos do Distrito Federal. A regra vale para 30% de todo o material de expediente das atividades do Executivo. “É preciso que o Estado adote políticas públicas com medidas concretas para a preservação do meio ambiente e conscientização da utilização moderada e racional dos recursos naturais”, argumentou o parlamentar.

Na fabricação de uma tonelada de papel convencional são consumidos cem mil litros de água, e na produção da mesma quantidade de papel reciclado, apenas dois mil litros. Ou seja, são 98 mil litros a menos de água.

O projeto segue para sanção do governador Agnelo Queiroz e passa a valer no ato da publicação.

GabiNET – RT

Deputado Professor Israel Batista recebe Medalha Chico Mendes em São Paulo

1467218_558840644197455_120129674_n (2)O deputado Professor Israel recebeu em São Paulo a Medalha Chico Mendes, um dos maiores prêmios socioambientais do País, pelos projetos de lei apresentados na Câmara Legislativa. A iniciativa é do Instituto Chico Mendes e contempla empresas, instituições e personalidades que se destacaram este ano em práticas voltadas para o bem-estar social com respeito ao meio ambiente.

Para Israel, a premiação representa um reconhecimento ao mandato. “Utopias só se tornam realidade com muito trabalho e essa medalha, com o selo verde, mostra que estamos no caminho certo”, disse ele, que recebeu o prêmio das mãos da jornalista e apresentadora Mylena Ceribelli.

O evento ocorreu dia 9 de dezembro no Clube Esporte Sírio, em São Paulo, e marcou a oitava edição do prêmio. Na noite de homenagem, também foram destaque o Projeto Tamar, a jornalista Míriam Leitão e iniciativas da Eletrobrás, Bradesco, Honda Brasil, Lupo e Vale.

Conheça aqui alguns dos projetos do Professor Israel que envolvem a temática da sustentabilidade:

PL 1713/2013: Cria Unidade Móvel de Atendimento Veterinário no DF, para cães e gatos, destinada a exames, castração, vacinação, primeiros socorros e iniciativas educativas em prol dos animais.

PL 1222/2012: Cria nas instituições de ensino da rede pública e privada do DF o programa Coleta Seletiva na Escola, com atividades didático-pedagógicas sobre educação ambiental.

PL 1104/2012: Dispõe sobre a utilização obrigatória de papel reciclado pelos órgãos e entidades da administração pública direita e indireta do DF.

PL 1690/2013: Institui o programa Torneira Verde, que visa implantar mecanismos de captação de águas da chuva e sua reutilização em todas as escolas públicas do DF.

PL 1699/2013: Torna obrigatória a utilização de energia solar nas escolas públicas, com a implantação de equipamentos para a conversão de raios solares em energia elétrica.

Deputado Professor Israel apóia a realização do Festival das Águas

Crédito da imagem: http://migre.me/gNTgV

Crédito da imagem: http://migre.me/gNTgV

Com mandato que tem como uma de suas bandeiras a sustentabilidade, o deputado Professor Israel é um dos apoiadores do Festival das Águas. O evento acontece no Estádio Nacional Mané Garrincha, entre os dias 29 de novembro de 1 de dezembro, em comemoração ao Ano Internacional da Cooperação da Água.

O parlamentar acredita que o Festival traz uma temática fundamental e urgente para os dias de hoje. “Colaborar com esse projeto é contribuir para a formação de cidadãos mais conscientes e preocupados com o meio ambiente e com a preservação dos recursos hídricos”, avalia.

Projetos ambientais

Israel, que é integrante do Partido Verde, atua em pautas do século XXI. Diversos projetos de lei que envolvem essa temática foram apresentados na Câmara Legislativa, tais como: o que visa implantar mecanismos de captação da água da chuva e sua reutilização em todas as escolas públicas do Distrito Federal; o que dispõe sobre a obrigatoriedade de utilização de energia solar nos colégios públicos; e o que pretende criar nas instituições de ensino públicas e particulares programa de coleta seletiva e reciclagem de resíduos sólidos.

GabiNET – AB