pristiq 3 weeks


pristiq recreational


desvenlafaxine weight loss


pristiq 300


desvenlafaxine succinate uses


desvenlafaxine succinate 100 mg


pristiq ocd


pristiq effectiveness


pristiq overdose symptoms


pristiq price chemist warehouse


desvenlafaxine er & clonazepam


pristiq metabolism


pristiq financial assistance


pristiq zyprexa


pristiq y aumento de peso


desvenlafaxine release date


pristiq 2014


pristiq qt interval


pristiq song


pristiq 300mg


desvenlafaxine tablets


pristiq zomig interaction


pristiq day 8


desvenlafaxine ranbaxy


pristiq 400


desvenlafaxine libido


desvenlafaxine reviews


pristiq nerve damage


pristiq nightmares


pristiq nicotine


pristiq anxiety


desvenlafaxine trade name


desvenlafaxine interactions


desvenlafaxine how long does it take to work


pristiq usage


buy pristiq 100mg


desvenlafaxine package insert


desvenlafaxine is used for


pristiq desvenlafaxine 100 mg


pristiq 50 milligrams


pristiq gluten


pristiq mayo clinic


pristiq ulcers


pristiq 50mg


desvenlafaxine generic available


pristiq desvenlafaxine weight loss


pristiq theme song


desvenlafaxine effects


pristiq 100mg coupon


pristiq high

Estudantes do CEF 03 de Brazlândia recebem livros

Crédito da imagem: Renato Perotto

Estudantes e professores do Centro de Ensino Fundamental 03 de Brazlândia receberam, nesta segunda-feira (03), a visita do deputado Professor Israel. O objetivo do encontro foi atender ao pedido de um professor da instituição, Thiago Francis, que havia solicitado doação de livros. Várias obras literárias foram entregues e o deputado acredita que agora o colégio passou a ter coração. �Coração de escola é biblioteca�, afirmou.

Para Israel, uma educação de qualidade passa necessariamente pelo hábito da leitura. â��Que essas crianças peguem o gosto pelos livros e que tenham um futuro brilhanteâ��, desejou. E foram os próprios alunos que se organizaram para criar o espaço – montado de forma improvisada em uma sala que estava desativada. São esses mesmos estudantes que catalogam as obras e mantém a biblioteca organizada.

Quadra poliesportiva

Aproveitando a visita, a diretora e alguns professores solicitaram ao deputado a interlocução com a Secretaria de Educação para solucionar uma demanda antiga: a construção de uma quadra poliesportiva dentro do colégio. Isso porque, o espaço utilizado pelos estudantes para a prática de atividades físicas fica na área externa da instituição e é dividido com os traficantes da região. Israel comprometeu-se a dar andamento à demanda.

GabiNET – AB

Estudantes recebem obras literárias no Dia do Livro

Foto: Renato Perotto

No Dia Nacional do Livro (29), quem passou pelas entrequadras 707/708 sul foi presenteado com uma obra literária. Promovida pelo deputado Professor Israel, a ação contou com inúmeros livros espalhados em uma árvore com a intenção de incentivar a leitura. “Quem dera os livros nascessem em árvores”, disse Israel.

Os títulos acabaram em pouco tempo e muita gente saiu contente com o â��presenteâ��, como o caso da estudante Luana Carolina Alencar, de 14 anos. Ela gosta de ler e acredita que o livro proporciona uma outra perspectiva de vida. “A leitura nos mostra outro mundo, além deste que a gente vive. Quando leio, viajo na história e sempre saio melhor”, afirmou.

A leitura e os brasileiros

A pesquisa Retrato da Leitura no Brasil, divulgada neste ano pelo Instituto Pró-Livro em parceria com o Ibope Inteligência, demonstrou que o brasileiro está lendo menos. De acordo com o levantamento, em 2007, 55% da população afirmaram ter lido ao menos uma obra a cada três meses. Já em 2011, o índice caiu para 50%. Entre os pré-adolescentes de 11 a 13 anos, a quantidade de livros caiu de 8,5 para 6,9. Já nos adolescentes de 14 a 17 anos, houve uma queda de 6,6 para 5,9.

Confira o vídeo da ação:

GabiNET – AB

Internet e livros grátis em paradas de ônibus do DF

O Açougue Cultural T-Bone lançou nesta terça-feira (15) o Projeto Estação Cultural, que manterá livros para empréstimo, serviço de internet 24 horas e wi-fi gratuitos em pontos de ônibus da capital federal. A iniciativa, que é inédita, foi aprovada pelo deputado Professor Israel. Ele esteve presente na inauguração da primeira Parada Digital localizada na Estação Cultural do Setor Bancário Sul e foi recebido pelo idealizador do projeto Luiz Amorim, dono do açougue. �O cidadão conectado muda o mundo�, disse Israel ao utilizar o terminal, já com internet.

A proposta, realizada com o apoio da Fundação Banco do Brasil e Petrobras, é utilizar a tecnologia social para estimular e ampliar o acesso à cultura, informação e comunicação. O serviço de internet e o empréstimo de livros serão disponibilizados inicialmente nas Estações Culturais localizadas nas paradas de ônibus do Setor Bancário Sul (Estação Galerias) e nas quadras 712 e 512 da Avenida W3 Norte. Nas quadras 714 e 514 e 516, da mesma avenida, está previsto nessa primeira fase o empréstimo de livros.

Cada módulo das Estações Culturais vai contar com um computador com tela touch screen, internet via rádio com capacidade de 10 megas e estante para livros com iluminação interna. Além disso, o projeto prevê Wi-Fi com capacidade 10 megas, no raio de um quilômetro.