Israel é palestrante da Cúpula de Liderança da Bett América Latina

O deputado Professor Israel participou em São Paulo da Cúpula de Liderança da Bett América Latina – Fórum de Desenvolvimento de Professores, encontro global de tecnologia da comunicação em educação. Foram três dias de evento, de 30 de outubro a 1º de novembro, com a presença de especialistas e nomes internacionais da área. Israel é um dos palestrantes e foi convidado pela relevância de suas aulas de história no YouTube.

No primeiro dia de conferência, ele compartilhou a experiência de manter um canal com quase um milhão de acessos, em projeto considerado inovador, na palestra Integrando tecnologia na aula de história: videoaula como uma ferramenta para aumentar a interação com os alunos. “A web é uma poderosa ferramenta de ensino e aprendizagem, e deve ser aproveitada cada vez mais pelos educadores”, disse.

No outro painel, realizado no último dia, o tema foi o desenvolvimento de uma nova pauta para promover acesso à internet na América Latina.

O evento

A 30ª Cúpula de Liderança da Bett America Latina reuniu 60 palestrantes pioneiros para trocar experiências inspiradoras e inovadoras. Com uma combinação de nomes reconhecidos internacionalmente e atores brasileiros de inovação, os participantes aprenderam a desenvolver estratégias para potencializar uma educação mais progressiva através da tecnologia.

GabiNET – RT

 

Por uma rede wi-fi em todo o Distrito Federal

Faltando menos de três meses para o início dos jogos da Copa das Confederações, Brasília ainda tem muitos desafios a enfrentar. Um deles é a rede wi-fi com sinal disponível para toda a capital federal. Até o momento, apenas o Parque da Cidade, a Rodoviária do Plano Piloto e Estádio Nacional contam com o serviço gratuito de internet. Preocupado com esse problema, o deputado Professor Israel protocolou indicação sugerindo ao GDF a disponibilização gratuita, em todo o território do Distrito Federal, de internet banda larga.

Para o deputado, a intenção não é apenas ofertar esse serviço para os turistas que participarão dos grandes eventos, mas também para a população que precisa estar conectada ao mundo virtual. “O acesso à internet é um direito de todos e representa ainda o exercício da cidadania”, avaliou.

GabiNEt – AB

Educação é bandeira do mandato

A educação é uma das principais bandeiras do mandato do deputado Professor Israel. Como seguidor de Leonel Brizola, Darcy Ribeiro e Cristovam Buarque, o parlamentar entende que só por meio de uma educação de qualidade é que o Brasil irá alcançar o tão sonhado desenvolvimento. Neste sentido, Israel tem apresentado diversos projetos para a área, tais como:

– Lutou e votou a favor do PL que aumentou o salário dos professores em mais de 13% em 2011, o mesmo percentual de reajuste do Fundo Constitucional do DF;

– Apresentou emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias para o ano de 2012, possibilitando ao GDF a contratação de mais de 1.100professores em 2012;

– O Projeto de Lei n.º 776/2012, obriga a publicação, pela Secretaria de Educação, do motivo legal de nomeação do professor concursado, e em lugar de quem ele está entrando;

– O PL 446/2011, foi apresentado e obriga a Secretaria de Educação a nomear o professor concursado no prazo de 15 dias a partir da aposentadoria de outro professor também concursado;

– Também foi protocolado requerimento de informações, pedindo que a Secretaria de Educação publique um cronograma de nomeações dos professores concursados que aguardam nomeação;

– Foi solicitado informações à Secretaria de Planejamento sobre a forma de cálculo dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal para a concessão de aumentos para pessoa;

– Israel Batista também apresentou Projeto de Lei (263/11) que determina a padronização de todas as escolas públicas do DF. As unidades devem ter biblioteca, quadra poliesportiva coberta, auditório e laboratório de informática com acesso à internet.

– Igualdade de condições de acesso e permanência na escola para alunos carentes da rede pública de ensino do Distrito Federal. É o que prevê Projeto de Lei 526/2011 que institui o Programa “Poupança Escola” – uma herança do governo Cristovam Buarque (1995-1998). A proposta é ofertar renda extra anual aos estudantes beneficiários do Bolsa Família durante o período em que cursarem os ensinos fundamental e médio.

– A intenção do PL 919/2012 é que o governo ofereça aos estudantes da rede pública de ensino, a cada bimestre letivo, duas obras com conteúdos literários, artísticos ou científicos. O objetivo é elevar o nível educacional e cultural dos alunos.

– O projeto de lei 918/2012 visa efetivar o direito constitucional à educação básica e garantir a universalização do atendimento escolar. Além disso, o PL obriga a secretária de Educação a recensear, as crianças e adolescentes em idade escolar, bem como os jovens e adultos que não concluíram a educação básica.

– Como forma de valorizar o patrimônio cultural, o PL 917/2012 prevê que os alunos da educação básica tenham no currículo escolar aulas de música, artes cênicas, artes visuais e audiovisuais, além de patrimônio artístico, arquitetônico e cultural.

 

Fonte: GabiNET Prof.Israel

Internet e livros grátis em paradas de ônibus do DF

O Açougue Cultural T-Bone lançou nesta terça-feira (15) o Projeto Estação Cultural, que manterá livros para empréstimo, serviço de internet 24 horas e wi-fi gratuitos em pontos de ônibus da capital federal. A iniciativa, que é inédita, foi aprovada pelo deputado Professor Israel. Ele esteve presente na inauguração da primeira Parada Digital localizada na Estação Cultural do Setor Bancário Sul e foi recebido pelo idealizador do projeto Luiz Amorim, dono do açougue. “O cidadão conectado muda o mundo”, disse Israel ao utilizar o terminal, já com internet.

A proposta, realizada com o apoio da Fundação Banco do Brasil e Petrobras, é utilizar a tecnologia social para estimular e ampliar o acesso à cultura, informação e comunicação. O serviço de internet e o empréstimo de livros serão disponibilizados inicialmente nas Estações Culturais localizadas nas paradas de ônibus do Setor Bancário Sul (Estação Galerias) e nas quadras 712 e 512 da Avenida W3 Norte. Nas quadras 714 e 514 e 516, da mesma avenida, está previsto nessa primeira fase o empréstimo de livros.

Cada módulo das Estações Culturais vai contar com um computador com tela touch screen, internet via rádio com capacidade de 10 megas e estante para livros com iluminação interna. Além disso, o projeto prevê Wi-Fi com capacidade 10 megas, no raio de um quilômetro.

Enkontro de blogueiros discute relacionamento com os eleitores nas redes

O Professor Israel Batista participou ontem (11) de um encontro tecnológico e cultural em Sobradinho, o “Enkontro dos Blogueiros”. O deputado distrital falou das funcionalidades da internet e explicou como as redes sociais dinamizam o seu mandato e o contato com os eleitores.

Israel contou à plateia, composta na maioria por universitários, que criou o “gabinet”, um gabinete virtual, no Facebook. “Deu muito certo. O meu eleitor tem acesso a todas as minhas decisões na hora que as tomo, em tempo real”, comentou. O deputado acredita que a novidade é uma tentativa de retorno à verdadeira democracia, como era, em suas palavras, na Grécia Antiga. “[os seguidores] Me xingam, me elogiam, gostam, pedem encontros, querem me ver”.

O professor explicou que sempre procurou diminuir a distância entre a população e o parlamento e encontrou nas redes sociais uma ferramenta rápida e bastante eficaz. “O acesso do eleitor ao político é muito restrito. E o parlamentar não tem como contactar o eleitor todos os dias. Por meio do Facebook e do Twitter recebo feedback das minhas ações e até sugestões que se tornaram projetos de lei”, disse.

Além da facilidade de contato, Israel Batista acredita que as redes sociais contribuem para desmistificar a figura do político. “O deputado deixa de ser uma entidade para ser uma pessoa”, enfatizou.