tamanho da fonte:
imprimir

Retrospectiva 2015: Professor Israel realiza importantes ações

O segundo mandato completa um ano de atuação e o deputado Professor Israel tem vitórias a comemorar. Em 2015 a agenda foi cheia de audiências públicas para debater temas de interesse da população do Distrito Federal, palestras em universidades e escolas, além do atendimento a estudantes e aos demais cidadãos. Conheça as principais ações do mandato neste ano:

TOP 3 da transparência – Transparência é a marca do mandato do Professor Israel. Pelo segundo ano consecutivo ele está entre os três primeiros deputados mais transparentes da Câmara Legislativa. O ranking, realizado pela Organização Não Governamental Adote um Distrital, atribuiu ao parlamentar a nota 9,5.

CIL para comunidade – Patrimônio de Brasília, o Centro Interescolar de Línguas (CIL) é a melhor escola pública de línguas do Brasil. Faz parte do desejo de muitos brasilienses estudar na instituição. O CIL recebia matrículas apenas de estudantes das escolas públicas. Agora, qualquer pessoa pode fazer um curso de idiomas no Centro, graças à Lei nº 5536/2015, de autoria do parlamentar. As matrículas para pessoas da comunidade estarão abertas depois da regulamentação do texto por parte do Governo de Brasília.

Lei de Proteção ao Professor – É preciso resgatar a autoridade do professor em sala de aula! Foi pensando nisso que o deputado Israel criou a Lei nº 5531/2015. Em tempos de indisciplina, criação de jovens sem limites e uso excessivo da tecnologia, o texto da legislação concede ao professor a prerrogativa de advertir o estudante, tomar objetos que causem perturbação durante a aula e, em caso de agressão, comunicar o fato aos pais e às autoridades. Essas medidas têm o objetivo de assegurar o respeito ao professor e a reverência ao conhecimento.

Nota Legal no Posto de Combustível – Foi aprovado este ano o Projeto de Lei 537/2015, de autoria do parlamentar, que amplia o programa Nota Legal para o combustível, o que antes não era possível. O Nota Legal no Posto tem como objetivo corrigir a discrepância entre os altos preços cobrados e a necessidade de consumo. O PL segue agora para a sanção do governador.

Estude Aqui – Os jovens moradores da Cidade Estrutural agora têm um local apropriado para estudar: o Estude Aqui. Um espaço com mesas para grupos, armários, baias individuais, internet e horário estendido. Mais uma promessa de campanha cumprida! O projeto será levado também para outras Regiões Administrativas.

R$ 12 milhões para a Saúde – Sensibilizado com a crise na área da saúde no DF, Professor Israel destinou R$ 12 milhões em emendas parlamentares para o pagamento dos médicos bolsistas residentes da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs). Saúde é prioridade!

Rua do Lazer – Todas as Regiões Administrativas poderão ter uma Rua do Lazer, aos moldes do que já ocorre há 25 anos no Eixão e há alguns meses no Guará, graças à aprovação do Projeto de Lei nº 536/2015, de autoria do deputado Professor Israel. O PL prevê que cada R.A. poderá eleger um trecho de suas ruas ou quadras para interromper o trânsito aos domingos a fim de realizar práticas esportivas e outras atividades. O PL aguarda a sanção do governador.

Único deputado a votar a favor do Uber – Único deputado distrital a votar contra o projeto de lei que proíbe o funcionamento do aplicativo no Distrito Federal, Professor Israel acredita que a regulação das empresas que trabalham com a criatividade é realizada pelo consumidor satisfeito ou não. O parlamentar é o relator do Projeto de Lei nº 777/2015, de autoria do executivo e defende a total abertura do serviço.

Criação da Universidade Distrital – A criação da Universidade Distrital é bandeira de Israel desde o primeiro mandato. A instituição estava prevista no Plano Distrital de Educação e teve total apoio do parlamentar, que votou para que ela se torne realidade.

Concreto verde nas obras públicas – Para diminuir os riscos ao meio ambiente, foi aprovado o Projeto de Lei nº 730/2015, que prevê a utilização de reciclados em pavimentação e concreto utilizados nas obras do poder público no DF. O projeto segue agora para sanção do governador.

O caminho foi árduo e o Professor Israel continua com o firme propósito de aumentar as oportunidades para quem precisa por meio de projetos de leis e emendas. Para 2016 os planos são ainda maiores para os moradores de Brasília. Até lá!

G@biNet – AC

1 comentário

  1. clovis aparecido magalhaes disse:

    Acredito nesta lei aprotecao ao professor desiguinado

Deixe seu comentário



(não será publicado)