tamanho da fonte:
imprimir

Escola Superior de Ciências da Saúde recebe homenagem na Câmara Legislativa

Crédito da imagem: Renato Perotto

O aniversário de 12 anos da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS) foi comemorado, nesta quarta-feira (13), no plenário da Câmara Legislativa. Direção, professores, estudantes, e servidores participaram da homenagem promovida pelo deputado Professor Israel. “A ESCS é um orgulho para a nossa cidade por ter um compromisso social e desenvolver um trabalho voltado para a saúde pública”, avaliou.

A instituição, uma das únicas no País vinculadas à Secretaria de Saúde, tem histórico de boas notas nas provas de avaliação. O curso de medicina obteve o 4º lugar entre 186 cursos avaliados no último Exame Nacional de Desempenho de Estudantes. Agora o curso de enfermagem, criado em 2009, participará do Enade pela primeira vez.

O bom desempenho foi destacado pela diretora geral Maria Dilma Alves Teodoro, que agradeceu a iniciativa e informou que, neste ano, a ESCS formará a sua oitava turma de medicina e a segunda de enfermagem. “Durante estes 12 anos, a escola se consolidou como uma instituição de ensino superior de qualidade”, afirmou.

Representante dos professores da ESCS, Suderlan Leandro subiu à tribuna para dizer que o corpo docente tem “muito orgulho de formar profissionais competentes que atuam no DF”. E reivindicou a integração das atividades de medicina e enfermagem, como um dos desafios a serem vencidos nos próximos anos.

A aluna da ESCS Patrícia dos Santos, do curso de medicina, falou em nome dos estudantes e enalteceu a instituição por sua metodologia inovadora e diferenciada. Ela aproveitou a ocasião para também repassar demandas. “Venho pedir melhorias na infraestrutura, instalação de rede wi-fi, construção do restaurante comunitário e ampliação do programa Bolsa Universitária”, solicitou.

Como forma de atender parte das demandas, Israel anunciou que vai destinar, em 2014, recursos de suas emendas parlamentares para os cursos de Medicina e Enfermagem.

Universidade do SUS

A criação da Universidade do Sistema Único de Saúde foi tema do discurso do secretário adjunto da Secretaria de Saúde, Elias Miziara. Ele defendeu que a proposta do governo local, de criar a Unisus, deve ser antes bem discutida fora do espectro dos profissionais da saúde, necessitando inclusive ser apreciada pela Câmara Legislativa.

A Universidade substituirá a ESCS e isso representa, dentre as vantagens, o aumento no número de vagas para os cursos de medicina e enfermagem.

GabiNET – AB

Deixe seu comentário



(não será publicado)