tamanho da fonte:
imprimir

Professor Israel entrega homenagem à fundadora do Centro de Línguas

Crédito da Imagem: Márcio H. Mota

O Centro Interescolar de Línguas (CIL) celebra 40 anos de existência e para comemorar, foi realizada nesta terça-feira (01) Sessão Solene com a condecoração da professora Nilce do Val Galante, fundadora da escola de idiomas. Ela recebeu o título de cidadã honorária de Brasília. Por estar com a saúde debilitada, a professora foi representada pela filha Vera do Val Galante e pelo esposo, Paulo Galante.

Autor do requerimento do título, o deputado Professor Israel, falou que é uma honra para a Câmara Legislativa concedê-lo para Nilce. “Somos até hoje exemplo para os outros estados no que diz respeito ao ensino público de línguas. Devemos a criação dos CILs à professora Nilce”. Ele ainda recordou que foram educadores do Centro de Línguas que o motivaram a estudar Ciência Política na Universidade de Brasília. “Esses professores atravessaram minha história e graças a eles eu fui para a universidade e mudei minha vida”, relatou.

Vera do Val Galante recebeu o título e contou que a mãe se dedicou para que os estudantes do Distrito Federal tivessem uma boa educação de idiomas. “Minha mãe viveu o Centro de Línguas e idealizava uma escola de qualidade para os alunos de escola pública”. O esposo de Nilce, Paulo Galante, agradeceu a homenagem e lamentou a ausência da professora. “O coração dela está muito feliz aqui”, declarou.

Hoje são 11 Centros de Línguas que ensinam espanhol, francês, inglês e, em algumas unidades, alemão e japonês. Presente no evento, o secretário adjunto de educação, Clóvis Lúcio, se comprometeu a levar o CIL para outras regiões como São Sebastião, Paranoá e Samambaia.

Biografia – Nilce nasceu em Franca (SP) em 1922 e formou-se em Letras na Universidade de São Paulo (USP). Ela foi para os Estados Unidos estudar e formou-se Ministra de Música. De volta ao Brasil, casou em 1955 e teve três filhos. Em 1963 a família mudou-se para Brasília. O CIL foi criado a partir das experiências da professora em escolas de línguas americanas. A professora entrou para a antiga Fundação Educacional (Secretaria da Educação), criou o CIL em 1975 e aposentou-se dez anos depois.

Veja fotos desta solenidade clicando aqui.

G@biNet – AC

Deixe seu comentário



(não será publicado)