tamanho da fonte:
imprimir

Por uma isonomia salarial dos professores com as carreiras de nível superior

Crédito da imagem: Renato Perotto

Os professores da rede pública de ensino do DF estiveram reunidos, nesta quinta-feira (07), em assembléia geral e aprovaram o indicativo de greve para o próximo dia 21 de março. A principal reivindicação da categoria é a reestruturação do plano de carreira que, até o momento, o governo diz não ter condições financeiras de atender. Presente no ato, o deputado Professor Israel entende que “é um absurdo os professores terem remuneração média abaixo das outras categorias de nível superior”.

Outras propostas também estão em pauta, como o reajuste no plano de saúde e a concessão de licença prêmio. Todos esses pontos serão analisados em reunião, no próximo dia 13, do Sindicato dos Professores com o governo. Caso não haja entendimento, os educadores podem optar pela paralisação.

GabiNET – AB

Deixe seu comentário



(não será publicado)