tamanho da fonte:
imprimir

Pela preservação do bosque na 315 Norte

Crédito da Imagem: Márcio H. Mota

Moradores da 315 da Asa Norte estiveram no gabinete do Professor Israel, na tarde de ontem (16), para pedir apoio quanto à preservação de um bosque na entrada da quadra. O local, de propriedade da Petrobrás, havia sido transformado em área verde por uma lei complementar em 1998. No entanto, após uma decisão do TJDFT, o espaço voltará a ser da estatal. O receio da comunidade é que no local seja construído um posto de combustível.

Sensível à questão, Israel disse que vai fazer uma indicação para o Governo do Distrito Federal, solicitando que seja enviada à Câmara um projeto de lei complementar que garanta a proteção do bosque. “Precisamos preservar áreas verdes na nossa cidade e garantir acesso à população”, disse.

Mobilizados, os moradores realizaram um abaixo-assinado com quase quatro mil assinaturas contra a derrubada da área. Eles contam que, para manter o local limpo e organizado, cada um paga um valor para a prefeitura. E mais: apresentam o argumento de que há um total de 10 postos de combustíveis nas imediações, a até 2km de distância.

Moradora da quadra, Alayksa Santos Pimenta, diz que o bosque é símbolo de qualidade de vida para os moradores. “Queremos preservar as espécies de mogno e pau brasil que temos na área. Além disso, gostamos do contato com a natureza e o espaço que temos para lazer”, contou.

G@biNet – AC

Deixe seu comentário



(não será publicado)