tamanho da fonte:
imprimir

Sustentabilidade: conheça as duas novas leis do Professor Israel

Crédito da imagem: http://goo.gl/R6NamZ

Crédito da imagem: http://goo.gl/R6NamZ

A coleta seletiva, que está sendo implantada na capital federal, conta agora com mais um reforço. Foi publicada no Diário Oficial do último dia 20 a lei nº 5.316, que cria nas unidades públicas e privadas de ensino do DF o programa Coleta Seletiva na Escola. O texto é de autoria do deputado Professor Israel (PV) e tem o objetivo de despertar nas crianças e adolescentes a consciência ambiental.

Para Israel, a lei foi promulgada em um excelente momento, já que o DF passa por uma fase de transição em busca de práticas sustentáveis. “Os estudantes terão papel fundamental na concretização dessa mudança de cultura e pensamento”, afirma ele, referindo-se ao descarte de lixo.

O desenvolvimento do programa contará com a participação de toda a comunidade escolar. Estarão envolvidos a direção e um grupo de conselheiros composto por professores, funcionários, alunos, pais ou responsáveis. A partir da coleta seletiva, os materiais separados poderão ser comercializados pelas escolas, contribuindo para a obtenção de receitas em prol da aplicação no programa e na própria instituição de ensino.

Papel reciclado

No dia 19 também foi promulgada outra lei do deputado Professor Israel que envolve a temática da sustentabilidade. Agora, os órgãos públicos do DF terão que utilizar papel reciclado. A regra vale para 40% do material de expediente consumido nas atividades do Executivo, Câmara Legislativa e Tribunal de Contas.

“É preciso que o Estado, que é o maior comprador, dê exemplo e estimule o mercado para tornar o papel reciclado menos dispendioso e incentivar a população a consumi-lo também”, defende o parlamentar. Com a sanção da Lei nº 5.312, Israel quer agora que seja realizada uma campanha de conscientização voltada para a população, iniciando pelos servidores públicos.

GabiNET – AB

Deixe seu comentário



(não será publicado)