tamanho da fonte:
imprimir

Aprovado na CLDF orçamento maior para a Fundação de Apoio à Pesquisa

Após aprovação na comissão especial que analisa as Propostas de Emenda à Lei Orgânica do DF, nesta quinta-feira (13), o orçamento da Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP) voltará a ser o correspondente a 2% da receita corrente líquida do DF – atualmente, o percentual é de 0,5%. O projeto foi de autoria do deputado Professor Israel, que saiu satisfeito da reunião. “Essa é uma grande vitória para o desenvolvimento científico e tecnológico da nossa cidade”, comemorou.

Pesquisadores participaram da reunião e também avaliaram o resultado de forma positiva. O secretário executivo da Rede Pró-Centro-Oeste, Ruy Caldas, acompanha a Fundação desde o início e acredita que essa é uma nova fase. “Depois dessa aprovação, a FAP coloca o DF em outro nível, com resultados relevantes para toda a cidade. A inovação será o grande diferencial”, considerou.

Em razão de medidas do governo passado, a instituição vinha trabalhando com o valor de 0,5% da receita do DF. No entanto, desde o fim de 2012, a FAP passou por uma reestruturação e apresentou no último mês um Plano Bienal de Trabalho, que prevê o lançamento de diversos editais voltados para a pesquisa.

GabiNET – AB

Deixe seu comentário



(não será publicado)