tamanho da fonte:
imprimir

A Câmara Legislativa do DF adere ao movimento Novembro azul

Crédito da imagem: Renato Perotto

Depois do Outubro Rosa, ação de combate ao câncer de mama, agora é a vez do Novembro Azul. A campanha funciona como um alerta para os homens quanto a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata e, dentro de iniciativa do deputado Professor Israel, chegou também à Câmara Legislativa. Durante todo o mês, a Casa será iluminada com a cor do movimento.

O Novembro Azul tem referência no Dia Nacional de Combate ao Câncer de Próstata, comemorado no dia 17 de novembro. Segundo o Instituto Nacional do Câncer, o câncer de próstata é o segundo mais recorrente entre os homens no Brasil, atrás apenas do câncer de pele – apenas no ano passado foram identificados mais de 60 mil novos casos da doença. Conforme a Sociedade Brasileira de Urologia, se a descoberta for feita no início, o percentual de cura é de 90%.

Essa é uma preocupação do deputado Professor Israel com a aprovação da lei nº 4.814/2012 para que pessoas com mais de 40 anos tenham o direito de fazer o check-up na rede pública de saúde do DF. Entre os exames previstos no texto apresentado pelo parlamentar está o Antígeno Prostático Específico, o PSA, que diagnostica o câncer de próstata.

“Esta lei obriga o Estado a atuar em um sistema preventivo de saúde, garantindo ao cidadão acesso a exames importantes para detectar de forma precoce doenças como o câncer de próstata”, justifica Israel, que também esteve à frente da ação do Outubro Rosa na Câmara Legislativa.

GabiNET – JK

Deixe seu comentário



(não será publicado)