Promessas de campanha – Mandato do Professor Israel

Promessas de campanha

PROPOSTAS DE CAMPANHA 2014

 

Promessa de campanha Status
 Polos de estudo na sua cidade – Estude aqui

Será um espaço público que oferecerá estrutura prática e confortável com mesas para grupos, armários, baias individuais, wi-fi grátis e horário estendido em todos os dias da semana. É só chegar e estudar!

O primeiro Estude Aqui foi instalado na Cidade Estrutural. Os estudantes da região ganharam um espaço adequado para estudar no contraturno, com mesas para trabalho em grupo, baias individuais, biblioteca e wifi. A ideia agora é levar os polos para outras cidades.
Centro de Línguas para todos

Hoje, pessoas da comunidade não podem se matricular nos Centros Interescolares de Línguas (CILs), mesmo existindo vagas ociosas. Defendemos destinação imediata do excedente de vagas para membros da comunidade, além do aumento do número total de vagas.

Agora qualquer pessoa da comunidade pode estudar em um Centro Interescolar de Línguas graças à Lei nº 5536/2015, de autoria do Professor Israel. É mais uma promessa de campanha cumprida.
 Extensão do direito estudantil por um ano

Nem todo mundo consegue entrar numa universidade imediatamente ao terminar o 3º ano do ensino médio. Por isso, queremos a extensão do direito estudantil por mais um ano com passe livre e meia-entrada.

Os estudantes que terminaram o ensino médio agora têm direito ao passe-livre estudantil por mais um ano. Essa é uma conquista do mandato do Professor Israel por meio da Lei nº 5770/2016. Está em tramitação na Câmara Legislativa ainda o PL nº 304/2015, que estende todos os direitos estudantis por mais um ano após o término do ensino médio.
 Brasília, uma cidade viva e pulsante

Vivemos hoje a “criminalização da alegria”. O que tem de errado em reunir os amigos na rua ou tocar violão na Esplanada ao ar livre? Música não é crime. A juventude quer lazer, arte, cultura e comida de rua! Vamos aproveitar os espaços públicos, incentivar a economia criativa e apoiar a nova geração empreendedora. Porque Brasília precisa voltar a sorrir.

 

O deputado Professor Israel é autor da Lei nº 5627/2016, que regulamentou o trabalho dos foodtrucks em Brasília. O mandato, como um todo, incentiva a economia criativa, o empreendedorismo e a ocupação dos espaços públicos.

 Nota Legal optativo. A escolha é sua!

O Nota Legal em Dinheiro foi uma vitória do nosso mandato. Agora queremos a ampliação do programa num formato optativo. Ou seja, você vai poder escolher entre receber o desconto no IPTU ou IPVA ou o dinheiro na conta.

Está em tramitação na Câmara Legislativa o PL nº 233/2015, que altera a Lei do Nota Legal, tornando optativa a forma de recebimento dos créditos, seja em dinheiro ou abatimento no IPVA ou IPTU.
 Rota Interbares e transporte 24 horas

Defendemos a criação da Rota Interbares, linha exclusiva de ônibus que circule à noite pelo Plano Piloto e satélites fazendo integração com as estações do metrô e Rodoviária. A proposta é ter transporte público 24 horas, que atenderá também trabalhadores noturnos e estudantes.

É de autoria do deputado Professor Israel o PL nº 1842/2014, que institui o transporte 24 horas, possibilitando ao cidadão o livre acesso à cidade. O projeto está em tramitação na Câmara Legislativa.
Ocupação dos parques e defesa dos animais

A cidade ganhou mais parques e é a hora do brasiliense sair de casa e ocupar esses locais. Nossa proposta inclui wi-fi pública, pistas de ciclismo, skate, tours de bike e a pé, entre outras atividades. Também queremos fomentar a política em defesa dos animais e fortalecer a implementação efetiva do Castramóvel e do Hospital Veterinário Público.

Para estimular a ocupação dos espaços públicos nas Regiões Administrativas, o deputado Professor Israel criou a Lei nº 5630/2015, que autoriza a população escolher uma rua da sua cidade junto à administração para ser fechada aos domingos para a prática de atividades esportivas e de lazer. Filiado ao Partido Verde, Israel fomenta a política em defesa dos animais.

 

ü  Padronização das escolas públicas é um direito

Queremos que toda escola tenha: biblioteca, quadra poliesportiva coberta, auditório e laboratório de informática. Padronizar é diminuir a desigualdade.

O deputado Professor Israel garantiu que a padronização das escolas públicas, como uma meta, esteja presente no Plano Distrital de Educação, finalizado em 2015. Todas as escolas devem ter os equipamentos listados acima até o final da vigência do plano, em 2025.

 

 Internet gratuita e uma cidade inteligente e conectada

Com criação do wi-fi público, que já opera no centro da Capital e vai para as cidades satélites, podemos transformar Brasília numa cidade inteligente. A ideia é ter semáforo e a coleta seletiva automatizados, monitoramento de estacionamento público e de segurança, itinerário de transporte em tempo real, entre outros. Já pensou?

Para que toda pessoa tenha acesso à internet, o deputado Professor Israel protocolou o PL nº 1822/2014, que está em tramitação. A proposição garante wifi gratuita em áreas de grande circulação de pessoas em todas as regiões do Distrito Federal.
 Universidade Distrital precisa sair do papel

Conseguimos aprovar a lei que cria a Universidade Aberta do DF. Agora, vamos tirá-la do papel com a criação efetiva da Fundação Universidade Aberta do DF (Funab). Precisamos aumentar a oferta de cursos do ensino superior!

 

Professor Israel integra a Frente Parlamentar em Defesa da Universidade Pública do DF, instância onde as discussões são realizadas.

 Criação da Faculdade de Ciências da Saúde do DF

A Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS) do DF está entre as quatro melhores do Brasil, mas ainda sofre pela falta de infraestrutura e recursos. Queremos transformá-la em faculdade e ampliar o número de vagas e de cursos oferecidos, mantendo a metodologia inovadora e de sucesso aplicado pela ESCS.

O Professor Israel apresentou o PL 1231/2016, que declara a prática da Metodologia Ativa desenvolvida pela ESCS como Patrimônio Cultural Imaterial do DF. Sua criação se deu a partir da perspectiva de formar profissionais de saúde com perfil para atender a população dentro dos princípios do Sistema Único de Saúde.  A ideia é transformá-la em faculdade, ligada à Fundação Universidade Aberta do DF (Funab). Para isso, o Professor Israel realizou audiência pública e tem atuado junto à diretoria, professores, alunos e autoridades públicas.
Mais oportunidades e intercâmbio público

Criamos o Brasília sem Fronteiras para alunos da rede pública e agora queremos mais vagas. Vamos levar essa experiência de intercâmbio gratuito também para outros grupos, como estudantes de música e atletas da rede pública.

O cenário de crise econômica no DF acabou por adiar a volta do Brasília Sem Fronteiras. Assim como Israel, ex-intercambistas, estudantes e professores dos Centros Interescolares de Línguas também defendem uma nova edição do programa.