tamanho da fonte:
imprimir

Indicação pede assistência psicológica para estudantes e servidores de escola invadida

Crédito da Imagem: Márcio H. Mota

O ataque de um homem ao Centro de Ensino Fundamental 1 da Estrutural, nessa segunda-feira (6), deixou o vigilante, 13 alunos e duas professoras feridos e gerou também grande trauma na comunidade escolar. A invasão ocorreu no momento do recreio, quando as crianças estavam no pátio.

Com o objetivo de prestar apoio psicológico a alunos e servidores da instituição, Professor Israel enviou à Secretaria de Educação do Distrito Federal a indicação pedindo profissionais para realizar o atendimento, afim de diminuir os danos emocionais. “Professores e estudantes vítimas de qualquer forma de agressão precisam de apoio psicológico. Temos que quebrar o ciclo da violência dentro das escolas, que são lugares de acolhimento, onde todos devem se sentir seguros”, solidariza-se com o caso, o deputado.

G@biNet – AC

Deixe seu comentário



(não será publicado)