tamanho da fonte:
imprimir

Estudantes da rede pública terão aulas de música

Crédito da imagem: http://migre.me/e4aa5
Orquestra sinfônica da Venezuela

A partir do segundo semestre deste ano, estudantes da rede pública de ensino do DF participarão do projeto “Música, Educação e Cidadania”. Inspirado no Sistema Nacional de Orquestras e Coros da Venezuela, o programa tem o objetivo de promover educação musical, além de reduzir a violência e o tempo ocioso das crianças e adolescentes. As aulas vão ocorrer no contraturno escolar e a pretensão é atingir, até 2014, 500 mil alunos.

Em 2011, o deputado Professor Israel esteve na Venezuela para conhecer o projeto. Ele pode perceber que os cursos (com até sete anos de duração) oferecidos para cerca de 400 mil pessoas, permitiam não só a profissionalização como também a transformação social. “Foi uma das experiências mais bonitas que já vi. Tive a oportunidade de conversar com uma brasileira que havia sido presa por tráfico de drogas e percebi que ela sairia daquele lugar uma violoncelista e não uma ex-presidária”, relatou. O Sistema resultou na criação de mais de 100 orquestras e, destas, 30 são sinfônicas.

Projeto de lei

Em consonância com esse projeto, tramita na Câmara Legislativa, PL do deputado Professor Israel que pretende inserir o ensino da música nas escolas. Como forma de valorizar o patrimônio cultural, o texto prevê que os alunos da educação básica tenham no currículo escolar além de aulas de música, oficinas de artes cênicas, artes visuais e audiovisuais, além de patrimônio artístico, arquitetônico e cultural. Caso seja aprovado, a medida se tornará política de Estado e não de governo.

GabiNET – AB

1 comentário

  1. Flavio Becker disse:

    Olá,

    que artigo demais!
    Eu sei o quão difícil é ter um blog!

    Tenho feito posts sobre Gmail no Revista Ícone

    Beijos!
    Flavio Becker https://www.crunchbase.com/person/flávio-becker

Deixe seu comentário



(não será publicado)