tamanho da fonte:
imprimir

Chapada dos Veadeiros corre risco de sofrer danos irreversíveis

O deputado Professor Israel (PV) reuniu-se nesta quarta-feira (17) com Anelise Romero e Ugo Todde, militantes da campanha SOS Mais Cerrado. Eles pediram apoio para impedir a aprovação do atual texto do plano de manejo da Área de Proteção Ambiental (APA) de Pouso Alto, que engloba a Chapada dos Veadeiros, por meio de mobilização popular. O plano será apresentado nesta sexta-feira (19), em Colinas do Sul (GO).

Como está, o plano de manejo permite a pulverização aérea de defensivos agrícolas (agrotóxicos), empreendimentos de mineração, centrais geradoras hidroelétricas e propõe um zoneamento não adequado para a conservação do patrimônio ambiental e cultural da área, explicou Ugo. A região é considerada o berço das águas e “a ausência de políticas de preservação irá causar danos irreversíveis, além da possibilidade da Chapada perder o título de Patrimônio Mundial Natural da Humanidade, concedido pela Unesco”, falou o militante.

“Esta é uma crise nacional. Se este plano de manejo não for elaborado com responsabilidade mais de oito estados serão prejudicados no abastecimento de água”, ressaltou o deputado Israel, lembrando que a bancada do Partido Verde nacional também está engajada nesta luta.

“É muito importante a mobilização popular. A aprovação dessa proposta é mais um passo em direção à extinção do bioma Cerrado”, alertou Anelise. Por isso, a organização da campanha SOS Mais Cerrado disponibilizará ônibus saindo de Goiânia e de Brasília para levar pessoas interessadas em defender o Cerrado e a Chapada dos Veadeiros à reunião em Colinas do Sul. Os interessados em participar podem entrar em contato com os militantes por meio do telefone 61-9866-9666 ou pelo email sosmaiscerrado@gmail.com.

O plano de manejo é uma importante ferramenta para a gestão do território e uma das poucas ferramentas jurídicas que podem ser usadas para controlar empreendimentos com atividades de grande impacto.

G@biNet – AC

Deixe seu comentário



(não será publicado)