tamanho da fonte:
imprimir

BSF 2014: selecionados se preparam para mais uma imersão internacional!

O professor Israel palestrou na última sexta-feira (27) em aula inaugural do curso preparatório para o intercâmbio que os selecionados do Brasília sem Fronteiras farão nos próximos meses. Esta é a segunda turma do ano a ser enviada para a experiência apoiada pelo deputado, dessa vez com 400 participantes, entre eles, 350 alunos dos Centros Interescolares de Línguas do DF.

Com o objetivo de levar aos estudantes informações técnicas sobre a imersão internacional, a cidade e a universidade de destino, as aulas alcançarão um total de 40 horas, também no Museu Nacional de Brasília. O curso propõe ainda o nivelamento da língua inglesa, introdução à promoção do posicionamento global de Brasília, noções de relações bilaterais (Brasil – Estados Unidos da América), tópicos de História Brasileira, além de levar informações sobre a missão e os objetivos do programa.

20140627_162336Segundo Israel, os alunos enviados terão muito estudo e trabalho durante a estadia nos países de destino, e aprenderão valores que o Brasil busca aperfeiçoar, como a responsabilidade, o planejamento, a organização e a pontualidade.

“É assim que Brasília vai se tornar uma das 5 cidades mais importantes em termos de investimento mundial. Nós estamos financiando os nossos cérebros, investindo em neurônios, resgatando a auto estima do Brasil – e nada melhor do que fazer esse resgate da capital de todos os brasileiros”, afirmou.

Os estudantes estão atentos ao chamado que o programa faz e se mostram ansiosos com a responsabilidade. Beatriz de Seixas, de 17 anos, e Larissa Meireles, de 16, ambas alunas do CIL da Asa Sul, estão entre eles. “Essa foi uma oportunidade única. Desde a 5ª série começamos a fazer o CIL e a gente nunca imaginou que um dia teríamos uma oportunidade como essa”, disse Beatriz. Larissa concorda: “vai ser uma experiência muito marcante, será muito importante pra gente conhecer uma outra cultura, ter realmente contato com a língua”.

Dos 400 selecionados da 2ª edição do BSF, mais de 300 embarcam no dia 2 de agosto para Arizona, nos Estados Unidos. Outros selecionados, entre eles universitários e servidores, serão enviados para Santiago, na Espanha e Vichy, na França, no mesmo dia. Até novembro, mais aprovados seguem para Nova Zelândia, EUA e Áustria.

Fonte: GabiNET

Deixe seu comentário



(não será publicado)