tamanho da fonte:
imprimir

#BoraVencer Profissionalizante qualifica 4,5 mil jovens em 2017

Crédito da Imagem: Cadu Paiva

O projeto #BoraVencer Profissionalizante formou neste último dia 1, 960 alunos da terceira turma de 2017 dos cursos oferecidos. Desde o início do ano, o governo de Brasília já qualificou 4,5 mil jovens nessa modalidade do programa.

Por intermédio da Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude e da Subsecretaria da Juventude, a iniciativa visa beneficiar os estudantes brasilienses no âmbito profissional. O intuito é qualificá-los para facilitar o ingresso no mercado de trabalho.

Na cerimônia de entrega dos certificados da terceira turma do #BoraVencer Profissionalizante, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, o deputado Professor Israel, idealizador do programa, falou do orgulho que sente ao ver o sonho das famílias se realizando. “Ver os jovens aproveitando as oportunidades são minha maior motivação para continuar apostando em projetos como o BoraVencer, que oferece estudo e capacitação para quem mais precisa”.

Durante o evento governador Rodrigo Rollemberg anunciou a abertura, em novembro, de nova edição do programa. “A gente fica muito gratificado de ver que o esforço do governo em investir na nossa juventude, em um momento de dificuldade, está sendo valorizado por vocês.” Rollemberg destacou que o #BoraVencer, em todas as modalidades, já formou 22 mil alunos.

Para o secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Aurélio Araújo, a formatura trouxe a sensação de dever cumprido. Presente na solenidade, ele expressou votos de que os alunos “possam, por meio dessa oportunidade, conquistar autonomia, sucesso e todos os sonhos que têm”.

Subsecretária da Juventude, Aline Bezerra agradeceu o investimento do governador na juventude de Brasília. “Hoje vocês têm condições de dizer que têm qualificação.”

Na terceira edição deste ano, os jovens tiveram a oportunidade de se capacitar nas áreas de: robótica; mecânico de autos; programador de aplicativo Android; maquiagem e design de sobrancelha; organizador de eventos; assistente administrativo; e auxiliar de contabilidade.

Com 200 horas-aula, os cursos foram ministrados no Plano Piloto e em Ceilândia, de maio a julho.

Como surgiu o projeto #BoraVencer – O #BoraVencer foi criado para atender à demanda eleita na Conferência Distrital de Juventude de 2015, que pedia por oportunidades de estudo para o vestibular e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Desde 2016, já foram dados 13 aulões e dois cursos intensivos, que atenderam 22 mil estudantes. Dos inscritos no programa, 728 foram aprovados em universidades públicas do Distrito Federal.

Para a linha Concursos, foram 5 mil jovens em dois aulões, com 400 aprovados para professor temporário e cerca de mil no certame para efetivos da Secretaria de Educação.

Fonte: Cibele Moreira, da Agência Brasília

Deixe seu comentário



(não será publicado)